sábado, dezembro 02, 2006

Câmara de Lisboa: que futuro?



Judite de Sousa lê a sentença ao PSD na CML

Li no «JN» de hoje: «O cerco de Lisboa / por Judite de Sousa, Jornalista da RTP / A principal câmara do país está transformada num grande problema para Carmona Rodrigues, para Marques Mendes e para o PSD. Não se percebe qual é o projecto para a capital, quais são as soluções que assegurem a governabilidade de Lisboa, nomeadamente do ponto de vista financeiro, e qual é o sentido político do fim da coligação com o CDS-PP e o consequente isolamento do PSD. (…) Ao candidatar Carmona Rodrigues, apresentando-o como uma escolha pessoal, Marques Mendes assumiu o ónus da responsabilidade por tudo aquilo que acontecer no governo de Lisboa. Os desaires de Carmona são derrotas para Marques Mendes. O líder do PSD nunca poderá dizer que Lisboa não é um problema seu. É um problema, e sério, que deixa poucas alternativas ao líder do PSD. Ou Marques Mendes descola de Carmona Rodrigues, o que não é crível nem sensato, ou ele próprio assume o desconcerto da gestão camarária e encontra soluções que lhe permitam o controlo dos danos. O caminho é estreito até porque a oposição está vigilante e há erros que não se repetem. O PS vai procurar reconstituir a coligação de esquerda, bastando-lhe para isso encontrar um candidato que seja aceite pelos comunistas. Mesmo a três anos de distância, é previsível o que vai acontecer em 2009...se o actual executivo camarário chegar até lá».
Acabo de ler o artigo e não me sai da cabeça que a sua autora é mulher de Fernando Seara, eterno candidato a qualquer coisa na direcção do PSD. Sei que pode parecer um pouco «démodé». Sei que ela é maior e vacinada e independente. Mas tenho de ser sincero para com o leitor: isto não me sai da cabeça desde que li o artigo… E a si? (Sinceramente).

José Carlos Mendes

1 Comments:

At 10:08 da manhã, Blogger biclaranja said...

Nem duvide. Cumpts.

 

Enviar um comentário

<< Home


referer referrer referers referrers http_referer